Dor no sexo: o que fazer?

December 13, 2018

Sexo é sinônimo de prazer, correto? Nem sempre. Dores e incômodos são comuns já terem aparecido alguma vez na vida da maioria das mulheres durante a relação, mas nem por isso devem ser tratadas como normalidade se se apresentam com frequência. Portanto, mulher, não minimize a sua dor.

 

 

Chamadas tecnicamente de dispareunia, as dores sentidas durante ou após o ato sexual podem atingir qualquer pessoa, mesmo que manifestadas poucas vezes. Seja por características físicas ou traumas psicológicos, os desconfortos não apenas prejudicam a satisfação na cama, mas também podem causar vergonha, frustração e insegurança durante as relações.

 

Para descobrir as causas e solucionar o incômodo, testar diferentes posições sexuais pode ser o primeiro passo para tratar a dor, pois quanto mais confortável, melhor. Mas vale lembrar que isso não é tudo. Além da sintonia do casal, fatores como falta de lubrificação, estresse e traumas por abusos também podem ocasionar a dispareunia. Tudo depende da intensidade da dor e das reações de cada mulher.

 

A solução pode ser simples ou não. O que acontece é que, muitas vezes, a falta de ajuda médica e, ainda, a pressão sofrida pelo parceiro podem atrasar melhorias e até mesmo menosprezar o sofrimento da mulher, deixando-a ainda mais desconfortável com uma situação pela qual ela não é culpada.

 

Independente das razões, investigar os motivos de dores no sexo e buscar ajuda para curar ou amenizar o problema é fundamental para melhorar a qualidade da relação. No caso de dores constantes, consulte um médico, descubra o melhor tratamento para o seu caso específico e, assim, retome o prazer na cama.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes

December 18, 2018

December 13, 2018

October 26, 2018

Please reload

Rua Caldre Fião 175
Bairro Santo Antônio – Porto Alegre/RS

51 3516.6199

  • Facebook - Black Circle

Motel Sevilha

@MOTELSEVILHA

FORMAS DE PAGAMENTO

Mostrar Mais

@MOTELSEVILHA